Cremação: perguntas mais frequentes

Cremação Perguntas mais frequentes sobre Cremação: aqui você encontra as respostas para algumas das perguntas mais freqüentes sobre a cremação. Tenha em mente que as leis e os procedimentos variam em cada país e até mesmo pode varia em cada estado num mesmo país. Pode variar também de acordo com a empresa que presta este serviço especial.

Qual a origem da cremação?

Há registros de que a primeira cremação ocorreu a cerca de 25.000 anos, e ficou conhecida como a “Senhora de Mungo”, ela foi cremada no estado de Nova Gales do Sul (Austrália), as beiras do Lago Mungo, este que deu origem ao seu nome popularmente conhecido.

Sendo um dos processos mais antigos realizados pelo homem, era praticado de forma recorrente por civilizações mais antigas, tais como a grega por volta de 1.000 A.C e a romana em 700 A.C.

O Japão, sendo hoje o país com a mais alta taxa de cremação entre os habitantes, teve a chegada do processo no país no ano de 552 D.C, impulsionado por conta dos poucos locais para sepultamento que existiam na época.

Além disso, em 1867 foi criada uma lei que obrigava a cremação em casos de mortes decorrentes de doenças contagiosas para que aumentassem o controle sanitário do país e diminuíssem os sepultamentos realizados, logo, ocorrendo um maior controle do uso da terra.

O que é cremação?

A Cremação é um processo de redução do corpo humano para fragmentos de osso , utilizando altas temperaturas e fogo.

Quanto custa a cremação?

A cremação no Brasil tem custo variável, de R$ 6.000,00 a R$ 10.000,00. Estes valores incluem todas as coberturas para um funeral completo de cremação, variando tais despesas de acordo com o modelo do caixão, flores, local e duração do velório. Veja mais informações sobre quanto custa a cremação.

Há necessidade de utilização de um caixão para a cremação?

Sim, é necessário um caixão para a cremação. Em alguns países, contudo, não é necessária a utilização do caixão.

A família pode testemunhar a cremação?

Não, a família nunca terá permissão para acompanhar a colocação da pessoa falecida na câmara de cremação.

A cremação é aceita por todas as religiões ?

Mesmo sendo atualmente uma prática comum em todo o mundo, a cremação ainda segue não sendo aceita em algumas religiões devido às crenças das mesmas, tais como:

  • Islamismo
  • Candomblé
  • Judaísmo

Há exemplos como a religião católica, que em 1886 proibiu terminantemente que seus seguidores fossem cremados após a morte, tendo liberado a prática somente quase um século depois, no ano de 1963.

Além disso, em algumas regiões a cremação é um processo obrigatório, por acreditarem que dessa forma a alma estará purificada e assim se libertando do corpo, seguem essa prática, religiões como o Budismo e Hinduísmo.

Uma urna pode ser guardada em uma Igreja?

Quase todas as Igrejas Protestantes permitem que a urna esteja presente durante o serviço de funeral. A maioria das igrejas católicas também permitem que o cremado continue presente durante a missa memorial, se a família está pensando em um serviço memorial, nós encorajamos os restos cremados estar presente , uma vez que fornece um ponto focal para isso.

O que pode ser feito com os restos cremados ?

Há muitas opções. As cinzas podem ser depositadas em um monte, num cemitério, espargidas em um jardim, colocadas em um cinerário ou mantidas em casa (conservação em local seco).

Além disso, é possível que as cinzas do falecido se transformem em uma árvore.


Chamadas de bio-urnas, elas são compostas por uma cápsula que na parte superior permite a germinação e crescimento da semente e na parte inferior onde são colocadas as cinzas.

O processo começa com a germinação da semente ocorrendo de forma separada das cinzas, mas conforme se dá o processo de decomposição da cápsula, as raízes da árvore em fase de crescimento começam a entrar em contato com as cinzas, sendo possível até mesmo que previamente seja escolhida a espécie da árvore.

Como posso ter certeza que eu recebi os restos corretos?

Todos os prestadores de cremação de renome possuem rigorosas políticas e procedimentos operacionais, a fim de maximizar o nível de serviço e minimizar a possibilidade de erro humano. Se você tiver dúvidas, fale com as instituições de cremação sobre quais os procedimentos que eles usam.

Quanto tempo demora a cremação?

Isso depende do peso do indivíduo. Para um adulto de tamanho médio, a cremação pode leva de duas a cinco horas à temperatura de operação normal entre 400°C a 1.200°C.

Pode-se fazer duas cremações juntamente?

Não. Não só é ilegal, as câmaras de cremação mais modernas não são de tamanho suficiente para acomodar mais do que um adulto. Assim, seria uma impossibilidade prática de realizar múltiplas cremações simultaneamente.

A que se parecem os restos cremados?

Restos cremados lembram areia grossa e esbranquiçada. Os restos de um adulto de tamanho médio geralmente pesam entre 1.000 e 2.000 gramas.

É necessária uma urna para cinzas?

urna para cinzasUma urna para cinzas não é exigida por lei. No entanto, para acondicionar melhor o material cremado recomendamos a compra de um produto produzido para recepcionar as cinzas.

Animais podem ser cremados?

Atualmente uma prática que vem se tornando comum é a cremação de animais, além de tornar o momento de despedida menos doloroso, permitindo ainda que os donos levem para casa as cinzas do pet, é também um processo mais ecológico.

Além disso, em casos do falecimento do animalzinho por doenças contagiosas, a melhor opção se torna a cremação, trazendo segurança e um fim honroso ao animal.

É possível realizar a cremação coletiva, cremando o pet juntamente com outros animais ou a cremação individual, que após o processo os donos podem levar as cinzas em urna personalizada. A certidão de óbito e atestado de cremação são emitidos em ambos.

Para realizar a cremação de animais os preços variam entre R$150,00 e R$750,00 indo de acordo com o porte do animal (pequeno, médio ou grande).

Caso ainda haja alguma dúvida, por favor, nos escreva para contato@amarassist.com.br

Obrigado, equipe Amar Assist.