Como funciona uma cremação? Saiba agora

Como funciona uma cremação? Saiba agora

A cremação é uma técnica muito antiga, utilizada pelos gregos e os romanos já em 1.000 a.C.. Mas como funciona este processo? No texto de hoje, você irá entender o que é, como a cremação é vista por algumas religiões e ainda como funciona este processo. Continue lendo! O que é uma cremação? Devido ao crescimento populacional e, consequentemente, do número de falecimentos, vivenciamos um problema de falta de espaço em terrenos convencionais. Com isso, a cremação e os cemitérios verticais podem representar o futuro dos sepultamentos. Na forma mais prática, um crematório é um forno que incinera os corpos e os transforma em cinzas. Esse procedimento leva em torno de uma a três horas, a depender do peso da pessoa. História da cremação no Brasil O primeiro crematório do Brasil surgiu na década de 1970. Ele foi construído em São Paulo e nomeado de Vila Alpina. Começou a operar em 11 de agosto de 1974, com equipamentos fabricados na Inglaterra. Como funciona uma cremação? O corpo é colocado em uma câmara de cremação e exposto a um calor extremo e a chamas diretas, onde as temperaturas podem variar de 1000 a 1400ºC. No corpo humano não existe nenhuma célula que suporte uma temperatura maior que mil graus. As pessoas com maior índice de gordura corporal acabam sendo cremadas mais rapidamente, pois a gordura acaba servindo de combustível para o fogo. Para quem não sabe, os parentes e amigos não assistem o corpo ser incinerado. Normalmente a cremação ocorre em uma região subterrânea do cemitério. Na cerimônia de cremação, o corpo é velado normalmente e, caso a família queira,...
Quando um corpo não pode ser cremado?

Quando um corpo não pode ser cremado?

Existem situações onde um corpo não pode ser cremado. Então, além de lidar com a morte de um ente querido, isso pode causar uma frustração extra. Por isso, é importante saber mais sobre esse assunto se deseja optar pela cremação. É importante também colher todas as informações sobre este tipo de despedida para não se ver impedido de realizá-la. As restrições são poucas e estão ligadas as questões de mortes violentas ou religiões que não permitem esse tipo de ritual de despedida. Perante à justiça, a única restrição quanto à cremação, é quando ocorre uma morte violenta. Neste caso, para que o corpo seja cremado, a família deverá conseguir uma autorização judicial. Enfim, fique conosco que vamos falar tudo sobre esse assunto a seguir! Restrições religiosas para a cremação A cremação não é aceita em todas as religiões. Três religiões em especial, não permitem a cremação por causa de suas crenças, são elas: o islamismo, o candomblé e o judaísmo. Essas religiões acreditam que o corpo deve retornar a terra. Na religião católica, a técnica não era muito aceita até a década de 60 e o Brasil sendo um país majoritariamente católico, demorou até que o primeiro crematório fosse criado. O primeiro crematório brasileiro surgiu na década de 70, em São Paulo, o crematório Vila Alpina. Hoje o país conta com mais de 40 crematórios. Algumas religiões como budismo e hinduísmo consideram a prática da cremação como obrigatória. Isso porque essas religiões acreditam que a cremação serve para purificar e libertar a alma do corpo. Para essas religiões, o fogo induz o sentimento de desapego do espírito para com...
Seguro cobre cremação? Saiba encontrar os melhores tipos de seguros de vida ou funerários para você

Seguro cobre cremação? Saiba encontrar os melhores tipos de seguros de vida ou funerários para você

Você sabe se o seu seguro cobre cremação? Seja ele de vida ou funerário, nem todas as apólices de seguro englobam esse serviço. No geral, os seguros de vida cobrem apenas as despesas referentes ao sepultamento do segurado. Os seguros oferecem o auxílio funeral ou a assistência funeral. Os seguros funerários, por sua vez, como as prestadoras de serviços, na maioria das vezes, oferecem os serviços de enterro, velório e sepultamento, também não englobam a cremação. Sendo assim, separamos uma série de dicas para você ficar atento e contratar os serviços mais adequados para a despedida que planeja para um ente querido ou para si mesmo. Continue lendo e confira! Cobertura dos seguros de vida e seguros funerários O seguro de vida apresenta uma cobertura destinada a arcar com as despesas referentes ao sepultamento do segurado após sua morte. As seguradoras chamam esse tipo de cobertura de assistência funeral. Contudo, em sua maioria, elas não cobrem a cremação. Os planos funerários, aqueles que são pagos mensalmente, também possuem seguros. Entretanto, como no primeiro caso, não cobrem os custos de cremação. Até mesmo porque as funerárias querem lucrar com todos os custos do velório, do enterro e do sepultamento. Sendo assim, seria inviável eles pagarem uma empresa terceirizada para cremar, caso eles não ofereçam esse tipo de serviço. Contudo, existem planos de seguros específicos para cremação, pois, as despesas são diferenciadas e envolvem outros cursos adicionais referentes a própria incineração do corpo. Os custos de um seguro cremação Os valores podem variar muito, mas é importante saber que esses valores podem ser divididos em pequenas parcelas que variam de acordo...
Quanto tempo dura a cremação de um corpo? Principais dados

Quanto tempo dura a cremação de um corpo? Principais dados

Você sabe quanto tempo dura a cremação de um corpo? Antes de tudo é importante saber como funciona um procedimento de cremação, englobando as etapas do durante e da pós-cremação. Por isso, separamos agora todas informações que você precisa saber a respeito deste tema, sanando as principais sobre o tempo de duração de uma cremação. Dados importantes para saber o tempo de duração de uma cremação Para entender o processo de uma cremação, é importante antes avaliar alguns fatos importante sobre a duração do fato. Sendo assim, é importante saber que, pela legislação, um corpo só pode ser cremado após 24 horas de seu falecimento. Após estipulado o prazo para o início do velório, o caixão com o falecido pode ser preparado para a cerimônia. A partir disso, o mesmo pode ser levado ao local onde será realizada a cerimônia e a cremação. Para a família e os amigos, a cerimônia termina ali, mas o processo de cremação em si pode ser realizado horas ou até dias depois. Enquanto espera para ser cremado, o corpo é mantido resfriado numa geladeira, podendo ficar ali por vários dias. O forno de cremação Na hora da cremação, cada corpo é colocado no forno crematório individualmente. Os fornos crematórios alcançam temperaturas elevadíssimas, podendo passar dos 1000 graus centígrados. Um corpo humano submetido a uma temperatura de 900 graus centígrados dentro de um forno crematório leva entre 1 e 3 horas para ser cremado, dependendo do tipo físico do falecido. Os fornos de cremação possuem temperatura que variam normalmente entre 400°C a 1.200°C. Com essa variação, a cremação de uma pessoa adulta de tamanho...
Quando morrer quero ser cremado

Quando morrer quero ser cremado

Certamente, em algum momento de sua vida, você já se deparou pensando na morte. E, junto desse pensamento, também deve ter refletido em como será sua despedida, qual o destino que será dado ao seu corpo ou onde seus amigos e familiares vão poder reencontrar suas memórias. São pensamentos que tentamos evitar, pois nos remetem à idéia de partida, saudade e dor, mas sabemos que um dia vai acontecer a cada um de nós, seres mortais. Durante a nossa vida, presenciamos algumas despedidas, e, na maioria das vezes, são nesses momentos que refletimos sobre a nossa partida. Já explicamos em outros artigos sobre os “Tipos de cemitério: conheça cada um deles”, e sabemos que o destino mais tradicional para os entes que partem são os cemitérios, sejam eles horizontais, verticais ou jardins e parques. Porém, há uma crescente procura pela cremação, um processo um pouco diferente, mas que possui inúmeros benefícios e vantagens, como já discorremos no post “Processo de Cremação”. Se você é uma das pessoas que quer ser cremada quando morrer, este artigo vai ajudá-la a compreender melhor esta ideia. Porque ser cremado ao morrer?    São vários os motivos que levam as pessoas a desejarem ser cremadas, no momento em que a hora de partir chegar. Não simpatizar com cemitérios A primeira delas e a repulsa existente pelos padrões tradicionais de velório, sepultamento e reencontro em relação ao indivíduo falecido. Existem pessoas que não simpatizam com o fato de manter o cadáver de um ente próximo em um caixão, posteriormente em um túmulo, e, por fim, em um local de visitação e manutenção constantes. A visita...