Como superar o medo da morte?

Como superar o medo da morte?

A maioria das pessoas já teve medo da morte, podendo ser dela mesma ou de uma pessoa especial. Porém, não se pode deixar que o medo da morte atrapalhe a sua vida e impeça que você viva cada momento como se fosse o último. Quem nunca teve medo da morte, não é mesmo? A maioria das pessoas tem receio da morte. Porém, ela faz parte da vida e não tem como evitá-la. Falar sobre a morte faz com que as pessoas possam mergulhar dentro delas mesmas e olhar para a vida de outra maneira. Com isso, pode até vencer o medo da morte. Mas como fazer isso? Quer saber como superar esse medo? Então, continue lendo que vamos explicar tudo para você! Você sabe o que é o medo? O medo no ser humano vem dos tempos mais antigos, desde quando o homem das cavernas precisava caçar para se alimentar e sentia medo de que algo o atacasse no caminho. Dessa maneira, o medo funcionava como um gatilho para que ele pudesse se defender de algum ataque. Atualmente, todas as pessoas também sentem esse medo, que é importante para que possamos nos defender e nos proteger de alguma ameaça.  No entanto, essa ameaça pode ser algo real ou não, ou seja, de algo que podemos ver e de algo que não podemos ver.  Para esse último, pode ser o medo criado pelo inconsciente para evitar situações que possam expor você, como a rejeição ou o fracasso, em meios a tantos outros desconfortos que as pessoas normalmente não querem passar. Esse tipo de medo está sempre projetado no futuro que...
O que é um cinerário? Saiba tudo

O que é um cinerário? Saiba tudo

A cremação é uma modalidade de sepultamento que vem crescendo bastante no Brasil. Mas, os processos que o envolvem ainda geram muitas dúvidas. Grande parte delas giram em torno do que é um cinerário. Por mais que o nome seja um pouco complicado, saiba que a explicação é simples e intuitiva, bastando, primeiramente, apenas entender todo processo de cremação. Então continue a leitura até o final e descubra mais detalhes sobre o conceito de cinerário, o seu funcionamento e também quais as suas principais características. Quais são as etapas da cremação? A cremação, caso você ainda não saiba, é um processo que envolve a incineração de corpos daqueles que já se foram. Todo o processo é feito em altas temperaturas, pois a finalidade é que o corpo seja transformado em cinzas. Porém, o processo não é tão simples como muitos pensam. Será necessário seguir cada etapa para que a cremação aconteça da maneira correta. Conheça cada fase e entenda a importância de cada uma: Refrigeração As etapas terão início após o velório, sendo que o primeiro passo será levar o corpo até uma sala refrigerada, onde ele permanecerá por 24 horas. Esse é o tempo estipulado no Brasil, lembrando que ele pode ser alterado em outros locais do mundo. Vale ressaltar também que dentro desse período de um dia, a família ou a polícia podem pedir o corpo de volta. Forno Após as 24 horas, o corpo será direcionado para o forno, onde realmente será iniciado o processo de incineração. Mas antes de tudo, os objetos de metais e demais itens pessoais do falecido serão retirados, além das alças...
Como superar o medo de morrer?

Como superar o medo de morrer?

Superar o medo de morrer é um dos desafios mais difíceis da humanidade. Essa afirmação pode estar ligada ao fato de que esse evento irá acontecer com toda a humanidade. É comum que muitas pessoas busquem alternativas para driblar esse receio que a morte costuma causar. E a dúvida sempre fica no ar: será que existe uma fórmula mágica para que o medo da morte acabe? Diante de tantas alternativas existentes que visam superar essa questão, o presente artigo irá trazer algumas formas de lidar com esse medo. Continue a leitura e descubra dicas importantes para aprender a amenizar esse sentimento. Entendendo o simbolismo da morte O primeiro passo para superar o medo de morrer será entendendo todo o seu simbolismo. Durante toda a vida, o ser humano passar por diversas mortes essenciais para o seu desenvolvimento. Não necessariamente ela acontece quando a vida é cessada, mas sim no cotidiano quando algo que era rotina, passa a não existir mais. É a partir desse pensamento que o simbolismo da morte é entendido. Ela sempre foi entendida como o fim, e esse simbolismo faz com que ela fique pesada e cause sentimentos indesejados. Mas começar a descontruir essa crença e entender que ela também pode ser o começo, será essencial para lidar com ela. Pare e pense quantas questões em sua vida já foram interrompidas. A perda de um emprego importante, o término de um relacionamento, uma pessoa querida que foi morar longe, entre outros. Todos esses acontecimentos também podem representar a morte e a maioria foi essencial para o seu crescimento. Então por que não trazer essa ideia para...
Descubra 6 vantagens da cremação

Descubra 6 vantagens da cremação

Será que é possível encontrar algum ponto positivo quando se trata da morte? A resposta, na maioria das vezes, é não, porém, é concebível citar as vantagens da cremação como uma forma de apoio a quem busca uma despedida de qualidade. Todos sabem que quando uma pessoa importante morre, é comum que as pessoas próximas passem por um período de muita tristeza. Tudo isso faz com que alguns pontos importantes acabem ficando de lado, como a escolha entre o sepultamento e a cremação. Diante disso, será apresentado mais detalhes sobre a cremação, mostrando o seu conceito, com intuito de zerar todas as dúvidas sobre este ritual de passagem utilizado há bastante tempo. Além disso, você também verá seis vantagens de escolhê-la, então é muito importante que a leitura seja feita até o final. O que é cremação? Antes de mostrar as vantagens da cremação, conheça um pouco sobre a sua história. Pois dessa forma você conseguirá quantificar a importância que esse ritual sempre teve para os povos do presente e do passado. Para se ter uma noção, os primeiros relatos encontrados sobre cremação datam 3 mil anos a.C., sendo que após esse período, uma disseminação aconteceu pela Europa, até chegar no ocidente. No oriente a prática começou a ser muito utilizada por intermédio do budismo. Para a maioria dos povos da época, a cremação era um ato de respeito ao cadáver, servindo como combustível para as crenças místicas da época. Então, aqueles que tivessem tido uma vida digna, seriam presenteados com esse tipo de “despedida”. Agora, caso a pessoa tenha cometido algum crime, o corpo era enterrado e sepultado....
Quais órgãos podem ser doados após a morte encefálica?

Quais órgãos podem ser doados após a morte encefálica?

É muito comum que surjam dúvidas em relação aos órgãos que podem ser doados quando a família decide realizar a doação. O motivo pode estar ligado ao fato de que algumas doenças apresentam restrições, como é o caso da morte encefálica. Mas será que quando uma pessoa venha a falecer por esse motivo é possível doar boa parte dos órgãos? Como é possível deixar registrado, em vida, que você deseja ser um doador de órgãos quando a morte chegar? Foi com base nesses questionamentos que o desenvolvimento desse texto foi feito. Então, você poderá ter uma visão mais clara sobre os processos de doações de órgãos e também o que pode ser feito no caso da morte encefálica. Como funciona a doação de órgãos no Brasil? O Brasil, de acordo com o Ministério da Saúde, é visto como referência no transplante de órgãos, possuindo o maior sistema público de transplante do mundo. Além disso, o país também ocupa a segunda posição mundial como transplantador. O seu funcionamento acontece quando algum potencial doador é encontrado e o órgão seja compatível com a pessoa que possui a necessidade dele para a sobrevivência. Todas as etapas dão início após um diagnóstico médico definido por meio da Resolução CFM nº 1480/97. Pra ser um doador de órgão não precisa de nenhum processo burocrático. Basta deixar a família ou pessoas próximas cientes da decisão. Pois serão eles que irão assinar a documentação que irá liberar a doação dos órgãos. Quais pacientes são potenciais doadores? Somente após o diagnóstico médico é que os pacientes serão considerados ou não aptos para a doação. Mas, de uma...